Giovanni Oliveira

Giovanni Oliveira

01/10/2019

Liquidez e pista ágil marcam remate da Espinilho e Soldera

O Leilão Espinilho e Soldera, realizado nesta sexta-feira, dia 27 de setembro, na pista J, do Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio (RS), teve pista limpa e agilidade de vendas nas pouco mais de três horas do remate. Foram comercializados cerca de 166 animais das raças Angus, Brangus, Hereford e Braford, com a participação também da Santa Teresa como convidada especial. Além disso, houve venda de gado geral, com 250 exemplares.

 

Segundo o leiloeiro e diretor da Trajano Silva Remates, Marcelo Silva, que comandou as vendas no recinto, a expectativa em relação ao comportamento do mercado foi positiva, ainda mais que o remate, que tradicionalmente tem o Angus como ponta, também teve boa repercussão com as demais raças ofertadas. “Estas três raças tiveram ótima aceitação pelo mercado. Se comercializou toda a oferta de touros e o que chamou a atenção no caso do Angus foi a velocidade de vendas das fêmeas”, destacou.

 

Silva também ressaltou que o leilão foi de fácil condução, com grande interatividade com compradores de fora do Rio Grande do Sul, em especial com os paranaenses. “Todos os vendedores estão satisfeitos tanto que já foi marcada uma nova edição para o próximo ano com uma oferta maior de animais. Inclusive o gado comercial também foi muito disputado”, observou.

 

Nas médias, os machos tiveram destaque no Angus, com R$ 8,9 mil, seguidos do Braford, com R$ 8,3 mil, do Brangus, com 8,1 mil, e do Hereford, com R$ 7,7 mil. Já nas fêmeas, , que tiveram apenas lotes de Angus, fecharam em R$ 3,57 mil. Já o gado geral ficou na média de R$ 1,8 mil. O destaque do leilão foi o touro da raça Angus Espinilho Maxite 288, vendido à R$ 19,2 mil para um criador do Estado de São Paulo.